Empecilhos

by - quarta-feira, março 07, 2018


Noite passada me peguei sentada na varanda do meu quarto, admirando o lindo céu que estava num degrade rosa para um roxo médio; pensei na grandeza do Universo, pensei na grandeza da vida, e como sempre: na grandeza dos meus problemas.
Não que eu seja assim tão dramática e cheia deles, mas quando eles aparecem, são tão grandes que não sei como lidar. Dessa vez eu tento arrumar, mas você chega colocando empecilhos. Eles se parecem muito com os vários castelos de areia que eu tentei construir mas o mar levou. Eu sou o castelo e você é o mar que simboliza o empecilho. Às vezes o castelo só queria ser digno de ter uma construção maravilhosa, mas o mar vem e leva um pouco da sua estrutura. E de pouco em pouco, toda a estrutura se acaba, o castelo se desfaz e o mar, mais uma vez, ganhou essa briga.
Quando será que a minha estrutura não vai ser corrompida pelas suas ideias? Quando será que meu castelo vai ser e continuar erguido? Quando vai ser o dia em que poderei levantar a minha bandeirinha branca dizendo: "Finalmente nós estamos em paz, mar!"?
Talvez eu não deva querer levantar uma bandeira branca. Talvez eu só precise enxergar essa situação de outra maneira. Eu posso muito bem deixar de ser um castelinho à beira do mar, e simplesmente ser um castelo mais pro meio da areia, pois assim eu não sofrerei nenhum dano, minhas estruturas se tornarão cada vez mais fortes e eu construirei um reinado memorável.

You May Also Like

0 comentários