Triste

by - sexta-feira, junho 02, 2017


Era uma bela tarde, quando eu avistei a pessoa mais bonita que já vi na minha vida. Tinha olhos castanhos, que combinavam com o cabelo, um sorriso largo e muito bonito, que mascarava a tristeza que trazia em seu peito. É, ele era uma pessoa triste. Aliás, muito triste. Depressiva. Quase não tinha mais fé na vida que levava. Me dizia que não aguentava mais viver daquele jeito. Eu queria ajudá-lo, mas eu não conseguia, não tinha as palavras certas para fazê-lo melhorar; ainda bem que, mais tarde, eu descobriria o que faria ele melhorar e ter mais fé na vida: pequenas atitudes vindas de mim, pequenas coisinhas que eu fazia, pequenos elogios no dia-a-dia. 
Achou pouco? Para ele, aquilo era muito. Era, na verdade, o suficiente. Como uma boa amiga, eu fiz o que pude, mostrando todo meu apoio, e o quanto me importava com ele. 
Por que eu o achava lindo? Porque ele sempre demonstrou ser forte, com aquele sorrisão no rosto, aquela empolgação toda. Mas bastava uma conversa profunda para você sentir o peso da tristeza que aquele garoto guardava dentro de si.
Espero que você leia isso, amigo, e esteja se sentindo melhor agora. Sempre estarei aqui.

You May Also Like

4 comentários

  1. Ai que lindo! Às vezes, o pouco que fazemos ao outro já é muito, se a gente faz com boa vontade. Sempre podemos ajudar alguém :D

    Beijoss
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre mesmo. Ajudar é essencial! ♥

      Obrigada pela visita :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir
  2. Ai, que amor! A diferença que essas pequenas coisas fazem na nossa vida é imensa, né? Ás vezes a gente nem percebe, mas podemos estar ajudando muito alguém de forma simples.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Gabi. Eu não sabia que ajudava dessa maneira, até esse garoto me contar :D

      Obrigada pela visita :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir