Tudo aquilo que eu sinto, mas não digo

by - sexta-feira, maio 26, 2017


Eu sinto. Eu sinto muito. Não de sentir muito no sentido de: "Nossa, me perdoe, eu sinto muito" Eu sinto muito de sentir demais, de intensidade!
É, eu sei que tudo que é demais, ou um exagero, acaba mal. Mas, fazer o que? Eu não tenho culpa de ser assim. O mais engraçado é que quem me conhece sempre fala: "mas, nossa, você não demonstra muito. Você não sente nada?" Bom, obviamente, eu sinto algo, mas não digo que sinto. Tenho tanta coisa que eu guardo pra mim: como planos, segredos alheios e meus próprios, ainda mais o que eu sinto.
Acho que se um dia eu tivesse a oportunidade de demonstrar o que sinto, vocês ficariam tão surpresos a ponto de falar: "Caramba, essa pessoa é mesmo você?" Sim, sou eu, toda sentimental - essa é a verdadeira eu, que não demonstra tanto por medo da famosa reciprocidade; porque eu sei o quanto dói dizer/sentir algo e suas palavras, e atitudes, serem jogadas ao vento, e esquecidas por um alguém tão cruel.
Espero que você nunca na sua vida enfrente esse lado ruim da reciprocidade, mas não tem como - todos temos que experimentar o gosto amargo de um "não" ou de coisas do tipo.
É triste pensar que muita gente se fechou por causa disso, pararam de ser amorosas e ter carinho pelas outras. Você fez isso comigo, e, desde então, tenho sentido nada, tenho sido mais fria, tenho aparentado não ter um coração, segundo alguns conhecidos.
Gostar de alguém, mesmo na amizade, é atirar no escuro, pois você nunca sabe o que realmente irá acontecer. Já pensou se esse tiro te acerta? Vai doer, não vai? Ainda mais hoje em dia que a reciprocidade é só uma palavra que usam pra tudo no Facebook, mas na vida que é bom, nada!
É isso que me perturba, é isso que me dói, isso que me machuca, isso que destrói tantas amizades e amores, é isso que me destrói. Isso é só um pouco de tudo aquilo que eu sinto, mas que nunca digo.

Um projeto de: Escrita Criativa

You May Also Like

11 comentários

  1. Muito lindo mesmo! Identifiquei-me completamente :D

    Beijinhos,

    Amor'a Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mais pura verdade, né Sa?

      Obrigada pela visita :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir
  2. Adorei seu texto! Eu também não digo muito sobre o que sinto... mas sou mais fria, ao contrário de você. Agora eu falo sobre tudo! Menos sobre sentimentos. Acho que uma vez que a gente se machuca, fica difícil se abrir depois... mas uma hora conseguimos e dá tudo certo de novo :D

    Beijos!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. No final, tudo sempre dá certo!

      Obrigada pela visita :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Crescer é engolir sapos. Quanto mais a gente aprende qual é o "jogo" social, mais a gente é obrigado a esconder o que sente. Isso é triste demais. Entendo o que você quer dizer no seu texto.
    Espero que as pessoas criem coragem para se libertarem.

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Fe. Esses joguinhos acabam com muitas pessoas!

      Obrigada pela visita :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir
  5. Muito bom o texto! Eu sou falante, mas, em alguns assuntos não digo muitas coisas... tudo tem um certo limite... enfim... superando e nos calando, vivendo... <3 <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm ♥♥♥♥

      Obrigada pela visita, Mi :D
      Beijos,
      Isa♥

      Excluir