A inexplicável felicidade

by - quinta-feira, setembro 15, 2016


Ontem recebi um e-mail com o seguinte título: "De quem é a culpa da minha infelicidade?", achei um pouco estranho e ao mesmo tempo me instigou a ler. Pois bem, dei aquela lida e acabei concluindo que isso depende de tudo. Depende do que você quer, do que acha que precisa. 
Ficar garantindo que a sua felicidade é conseguir aquele tal cargo tão desejado, ou o aumento que sonha ter a meses, não é felicidade, são desejos. Realizações que te trarão valorizações e um pouco de vaidade, de orgulho de si próprio. A partir de tudo isso, talvez te trará felicidade. É, talvez. Porque só será mesmo de verdade, se já estiver consigo próprio. Caso não esteja, estará entrando no mundo da ilusão. 
Mesma coisa seria se você sujeita a sua felicidade, a sua liberdade em uma determinada pessoa. Quando a paixão pela outra pessoa for mais forte do que o seu amor-próprio, isso também é ilusão. "Ah, mas eu me gosto sim!" que bom, não acha?! Mas imagina se amar?! É bem melhor, vai por mim. Deve ser feliz desde sempre, a sua vida é maravilhosa e digna de muita compaixão. É você que a vive e passa por tudo, por todas as dificuldades e tá ai de pé, com batalhas terminadas com sucesso. 


Os problemas da vida, ou até mesmo das pessoas a sua volta, não são e nunca serão seus. Cuide da sua vida, do seu amor, e principalmente da sua felicidade. Será mesmo que está infeliz, ou está desanimado? Todos os dias temos que estar felizes, nem que não esteja tanto, mas que tenha noção disso. Não se coloque pra baixo por causa de algo momentâneo. Dificuldades vêm e vão, é natural de quem está vivo. Não reclame tanto, agradeça sempre ;)
Portanto, o grande culpado da "infelicidade", é exatamente ninguém. Se talvez você não esteja tão feliz assim, você muda. Então, vamos mudar. De cabeça erguida e com muita garra, vamos superar nossas dificuldades e seguiremos em frente. A vida foi feita para ser vivida, não para ficar estacionado no tempo, esperando por um milagre. Simplesmente, seja você o seu próprio milagre.
Xoxo,

The Secret Girl

You May Also Like

0 comentários